Avançar para o conteúdo principal

Porque é que a Arte gerada por Inteligência Artificial não é considerada verdadeira Arte?

Imagem de "Aveiro em Portugal" gerada pelo DeepDream

A definição de Arte não é um assunto consensual. Se consultares um dicionário, podes ler que "Arte" é a Capacidade ou habilidade para a aplicação de conhecimento ou para a execução de uma ideia, mas artistas e filósofos discutem esta definição há muito tempo, produzindo interpretações diversas

Embora a geração de objetos artísticos por máquinas tenha surgido na segunda metade do século XX, com a criação de redes neurais, foi em 2014 que Ian Goodfellow criou a primeira GAN - Generative Adversarial Network. Este processo é constituído por dois componentes principais: o discriminador e o gerador. Ambos, discriminador e gerador, são redes que possuem responsabilidades diferentes. O discriminador é uma rede responsável por avaliar se um determinado conteúdo é real ou não. O gerador possui a responsabilidade de produzir o conteúdo em si.

Propomos-te que explores este processo "criativo" com algumas ferramentas que utilizam esta tecnologia e que possuem interfaces disponíveis na internet.

The Deep Dream Generator - Um projeto búlgaro inspirado por Alexander Mordvintsev.

DALL-E 2 - Um dos projetos mais populares na internet, pertencendo a uma fundação com patrocíbio da Microsoft, entre outros.

Imagen - da responsabilidade das equipas de investigação da Google.

Night Cafe - fundada por Angus Russel em 2019.



Um OVNI sobre Aveiro, gerado pelo DALL-E 2





© pna-no-aeje.com
|facebook| |instagram| |youtube|