Avançar para o conteúdo principal

Documentários aos milhares



É atribuída a Alfred Hitchcok uma frase conhecida - "Na ficção o realizador é Deus, no documentário Deus é o realizador". Talvez esta dicotomia não seja assim tão absoluta porque o documentário é sempre uma maneira de ver o mundo, exige escolhas e opções. Este género cinematográfico nasceu com o próprio cinema e foi mesmo anterior aos primeiros esboços ficcionados da sétima arte. No início o cinema era "apenas" uma novidade tecnológica e a temática era um pouco indiferente. "A Saída dos Trabalhadores da Fábrica Lumiére" é obviamente o cenário mais imediato a que os irmãos Lumiére tiveram acesso e a sofisticação narrativa ou a edição ainda não eram uma preocupação. Mas o Cinema existe há mais de cem anos e o "Documentário" assumiu um papel independente neste contexto, assumindo funções educativas, políticas, mobilizadoras. O desenvolvimento e banalização dos suportes mediáticos permitiu a explosão desta forma de expressão e é possível a quase toda a gente fazer o seu documentário.
O que propomos é uma lista de sítios na internet dedicados à catalogação de filmes documentais que são acessíveis de forma gratuita e imediata: